A Fundação Eduardo dos Santos realiza a II Conferência Internacional sobre a Cultura de Paz, com a participação da parceria com as Redes, das Fundações e Instituições de Pesquisa e a Rede Pan-africana da Cultura de Paz e a UNESCO.

Após a abordagem dos oitos pilares da Cultura de Paz na primeira conferência, esta tem como tema: “Prevenção da violência e promoção da Cultura de Paz no período eleitoral em África”, tendo como culminar o lançamento oficial da Campanha dos Jovens para a Cultura de Paz na África, sob o lema “Duas Palavras Diferentes, Uma Só Língua: A Paz”.

O programa do primeiro dia II Conferência Internacional sobre a Cultura de Paz, na cidade de Luena, foram realizados visitas de campo a empreendimentos socioeconómicos.

A visita de campo á Fazenda Agrícola de Sacassangue, serviu para mostrar os ganhos da paz do sector da agrícola na província do Moxico. Os participantes constataram os resultados alcançados, quer na vertente agro-pecuária como na gestão do projecto. O empreendimento é autónomo e gerido totalmente por técnicos nacionais com uma média de idade de 25 anos.

Na outra visita de campo que suscitou o maior interesse para os palestrantes e Membros da Rede Pan-africana da Cultura de Paz, foi a constatação dos resultados e a interacção com a equipa de gestão da Escola Rural de Capacitação e Ofícios de Sacassangue.

A Escola Rural é uma iniciativa do MAPTSS, para a integração profissional de jovens menos favorecidos. Na ocasião, os representantes das Instituições Juvenis Africanas, questionaram entusiasticamente o modelo da Cidadela dos Jovens do Sucesso, gerido pela congregação católica dos Salesianos -Don Bosco.

 A sessão de abertura será presidida pelo Ministro da Educação da República de Angola, Pinda Simão, e contará com a intervenção do Governador provincial do Moxico, João Ernesto dos Santos Liberdade.

Para além do momento cultural que será abrilhantado por grupos locais, serão lidas mensagens do Escritório da UNESCO para a África Central e da FESA.

Para o período da manhã está programada a mesa redonda sobre “A Prevenção da violência e promoção da Cultura de Paz no período eleitoral em África: Que Contribuições da Rede de Fundações e Instituições de Pesquisa”, cujos participantes são provenientes de Sudão do Sul, África do Sul, Costa Do Marfim, Etiópia, Senegal, Brazaville e Angola, país anfitrião.

Para o período da tarde, a mesa redonda sobre “O Papel dos Jovens na Prevenção da Violência e Promoção da Cultura da Paz em Período Eleitoral”, vai ser partilhada a experiência de instituições juvenis da Nigéria, Tunísia, Botswana, República do Congo, Bélgica, Gabão, Uganda e Níger.

BIGtheme.net Joomla 3.3 Templates